página inicial     
Apartamentos, casas, villas
Negócios e comerciais  
Lançamentos e terrenos
Aluguel por temporada
Investimentos no exterior
 Por que investir no Ceará  

O estado do Ceará está localizado na região Nordeste do Brasil. Faz divisa, ao norte, com o oceano Atlântico; ao sul, com o estado de Pernambuco; a leste, com os estados do Rio Grande do Norte e Paraíba; e a oeste, com o estado do Piauí. Tem uma área total de 148.886,308 km², o que equivale a 9,57% da área pertencente à região Nordeste e 1,74% da área do Brasil. São 573 quilômetros de litoral. Assim, o estado do Ceará tem a quarta extensão territorial da região Nordeste e é o 17º entre os estados brasileiros em termos de superfície territorial. São 184 municípios e 843 distritos no Ceará. Fortaleza é a capital do Estado. Segundo o Censo do IBGE, de 2014, a população do Estado é de 8.842.791 pessoas: 4,4% da população brasileira e 15,9% da população do Nordeste. São 2.769.882 domicílios, de acordo com o IBGE. Da população cearense, 77% das pessoas vivem em áreas urbanas. Domicílios com abastecimento de água representam 81%. A taxa de escolaridade média de adultos é de 5,9 (em anos de estudo). O nível de escolaridade chega a 22,16%. Além disso, há cinco universidades, 54 faculdades, 17 Institutos Federais do Ceará (IFCE), 42 Centros de Ensino Tecnológicos (CENTEC) e um Centro de Treinamento Técnico do Ceará (CTTC). P estedo do Ceará tem uma localização privilegiada; é um dos pontos do Brasil mais próximos da Europa, dos Estados Unidos e da África. Há calados para navios de grande porte. Com uma área de 148.886,308 quilômetros quadrados, 573 quilômetros de praia e temperatura média anual de 28°C, o Ceará tem a localização ideal para diversos tipos de investimentos. Fortaleza, a capital do Estado, é um portão internacional tanto aéreo quanto marítimo. Além do aeroporto, o Estado tem dois importantes portos: o Porto do Mucuripe (em Fortaleza) e o Porto do Pecém (no município de São Gonçalo do Amarante). O Ceará é um estado que oferece mão de obra extremamente qualificada para os mais variados segmentos do mercado. Um dos motivos para essa qualificação é o grande número de cursos superiores de graduação e de graduação tecnológica na Capital e no Interior, principalmente na área de tecnologia, além dos cursos técnicos. O Estado do Ceará tem se destacado no cenário nacional pela grande capacidade de desenvolvimento e ampliação da política de Ensino Médio integrado à educação profissional. Foram implantadas 25 Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP), que ofertavam, em 20 municípios, quatro cursos profissionais de nível técnico: Informática, Enfermagem, Guia de Turismo e Segurança do Trabalho.Passados seis anos e meio de implantação do projeto, constata-se uma expansão significativa em 2015: número de escolas ampliado de 25 para 111; o total de municípios contemplados passou de 20 para 82, e o total de cursos cresceram de 4 para 53. (17/07/2016)

 

(fonte:  adece.ce.gov.br/index.php/investimento